"o resto é mar. é tudo o que eu não sei contar..."

27 novembro 2010

cara valente!

Música (perfeita!) do Marcelo Camelo. Interpretação de Maria Rita (quando ela se afasta do fantasma da mãe, consegue ser uma boa cantora).
Não, ele não vai mais dobrar
Pode até se acostumar
Ele vai viver sozinho
Desaprendeu a dividir...
Foi escolher o mal-me-quer
Entre o amor de uma mulher
E as certezas do caminho
Ele não pôde se entregar
E agora vai ter de pagar
Com o coração Olha lá!
Ele não é feliz
Sempre diz
Que é do tipo
Cara Valente
Mas veja só
A gente sabe...
Esse humor
É coisa de um rapaz
Que sem ter proteção
Foi se esconder atrás
Da cara de vilão
Então, não faz assim rapaz
Não bota esse cartaz
A gente não cai não...
Ê! Ê! Ele não é de nada
Oiá!!! Essa cara amarrada É só!
Um jeito de viver na pior
Ê! Ê! Ele não é de nada
Oiá!!! Essa cara amarrada É só!
Um jeito de viver
Nesse mundo de mágoas...

video

Um comentário:

Silmar disse...

Eu conheço gente assim, que deixa o bom pelo ruim. Mas não como a música diz, porque certeza essa pessoa não pode ter, geralmente quem faz isso é apenas por prazer e prazer não é felicidade. Quem deixa o certo pela suposta certeza paga mais tarde. De valente eu não chamo esse tipo de pessoa, pra mim é covarde, imagine você um dia se envolver com alguém que deixou outro alguém pra ficar com você?? É valente??? não vai ser, até o dia que ele fizer o mesmo com você. pode crê. Mas enfim, a música é bom pra refletir: sobre carater, valentia e HOMEM.