"o resto é mar. é tudo o que eu não sei contar..."

02 dezembro 2010

A dor é inevitável. O sofrimento é opcional



"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável. O sofrimento é opcional."

Carlos Drummond de Andrade

3 comentários:

Fabriccio disse...

Porque será que nos privamos tanto...? O próprio ato de esquivar-se já é capaz de nos causar dor. Nos resta escolher viver uma única dor ou ir a procura de novas...

Rafaella disse...

Eu penso que o amor é para pessoas nobres que não deixam se corromper paor ventos furtivos dos prazeres. amor nao se faz, existe por si só. Dor de amor é coisa que o homem inventou para fugir de sua homeopatia,é por isso que a nobreza está extinta, a humanidade brinca de amar e finge sofrer de amor. :(
Gostei do blog, vou passar sempre por aqui...

s. disse...

Não apenas passe, Rafaella, fique se assim quiser e gostar.

Um abraço.