"o resto é mar. é tudo o que eu não sei contar..."

14 abril 2010

o que acontece quando ninguém está aqui? quando o silêncio preenche o ar que propagaria palavras, respirações. o que é feito de nós quando não somos nós? quando batemos a porta e passamos a habitar outro aqui e por mais que digamos que sentimos o presente, não é o presente que se faz, mas a saudade do outro ali que habitamos.
e nos voltamos ao passado, ou ao que restou dele, para sabermos que não há futuro. só o eterno lembrar e relembrar e aumentar as coisas que nunca foram para compensar nossa falta de apego àquilo tão nosso e tão desprezado como as coisas só nossas são.

Um comentário:

eduardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.